Revista Científica da Escola Superior de Negócios 

Revista Científica da Escola Superior de Negócios 

ISSN - 2526-5075

Pesquisa Rápida

v.3, n. 2 (2017)

Artigo:
 
A DIFERENCIAÇÃO DO MARKETING POLÍTICO X MARKETING ELEITORAL 
Autores: 

Juliana Silva Caixeta

Neise Maria Verçosa

André Augusto Locatelli

Gabriel Sandino de Castro

Fredston Gonçalves Coimbra

Resumo:

O presente artigo visa explicar as diferenças entre marketing político e eleitoral. É comum a confusão entre os dois termos, uma vez que se referem ao indíviduo político, seja ele na figura de um governante ou enquanto candidato a cargos públicos. Na verdade, o marketing político se refere aos governos, diputas ideológicas no Estado  como também na sociedade civil. O eleitoral, por seu turno, manifesta-se em curto prazo, nas eleições e, portanto, em período definido. Neste sentido, o objetivo deste trabalho é examinar as diferenças destes conceitos em maiores detalhes.

Palavras-chave: Marketing Político. Marketing Eleitoral. Voto. Candidato

Artigo:
 
ANÁLISE DOS FATORES CRÍTICOS DE SUCESSO (FCS) EM IMPLANTAÇÃO DE SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO EMPRESARIAL
Autores: 

Vitor Rafael Dias Borges

Osmar Braga da Trindade

André Augusto Locatelli 

Oto Tertuliano de Oliveira Santana

Fabrício Ziviani

Resumo:

Uma vez tomada a decisão estratégica de implantar um projeto de (ERP– Enterprise Resource Planning), se faz necessário definir, com clareza, quais são os pontos decisivos para o sucesso do projeto. A partir desse contexto definiu-se como objetivo da pesquisa analisar os Fatores Críticos de Sucesso em projetos de implantações de Sistema Integrado de Gestão Empresarial. Foi desenvolvida uma ampla pesquisa bibliográfica em busca dos Fatores Críticos de Sucesso (FCS) em implantações de ERPs, que fundamentou a seleção de trinta e dois FCS, tomados como base para a elaboração de um questionário com nove questões abertas e trinta e oito fechadas. O questionário foi enviado para profissionais, previamente selecionados, envolvidos em projetos de implantação de ERPs, e foram obtidos duzentos e vinte seis respondentes. Na primeira etapa das análises, a base de dados foi sumarizada e submetida a análises estatísticas descritivas, para traçar o perfil dos profissionais respondentes e das organizações participantes. Na segunda etapa, os dados foram submetidos às seguintes análises estatísticas multivariadas: Análise Fatorial, Equações Estruturais, Variância Média Extraída, Confiabilidade Composta, dentre outros métodos estatísticos de ajustes e confirmatórios. Nas considerações os resultados do ranking de Fatores Críticos de Sucesso estão em grande parte de acordo com a revisão da literatura, embora a classificação relativa de alguns fatores varie. Na seção de resultados da análise estatística multivariada tivemos alguns resultados que possuem consonância com as percepções dos respondentes e expiram concordância com a literatura. No entanto, os ajustes realizados para consolidar o modelo estrutural acabaram suprimindo quinze do total de trinta e dois FCS levantados na literatura.

 

Palavras-chave: Sistemas integrados de gestão empresarial (ERP); fatores críticos de sucesso; sistemas de gestão da informação.

Artigo:
 
FATORES DE INFLUÊNCIA NA ESCOLHA DO CURSO DE GRADUAÇÃO 
Autores: 

Lilian Pereira Cardoso                                                                                                          

Neise Maria Verçosa                                                                                                                                  

André Augusto Locatelli                                                                                                                                

Gabriel Sandino de Castro

Fredston Gonçalves Coimbra 

Resumo:

Em um mercado cada vez mais competitivo conhecer os principais fatores de decisão na escolha de determinada graduação permitirá que o marketing da instituição seja mais bem elaborado e direcionado, e que a demanda da sociedade seja mais bem atendida. Para atingir tal objetivo partiu-se de uma pesquisa bibliográfica onde os principais conceitos de marketing foram abordados. Em seguida foi realizada uma pesquisa de campo, por meio de um questionário estruturado. Foi realizada análise descritiva dos dados obtidos por meio do uso do SPSS (Statistical Package for the Social Sciences.). Os  dados levantados na pesquisa quantitativa, foram comentados e mostrados em forma de tabelas. Na primeira parte do questionário foram coletados os dados relacionados ao perfil demográfico dos entrevistados, em seguida foram quantificados os principais fatores que levaram os alunos a escolherem suas graduações e os resultados obtidos revelam que os principais fatores de influência na escolha da graduação são: realização pessoal, mercado de trabalho, salário futuro, tendências de mercados, família e ocupação atual (iniciativa própria), respectivamente. Notou-se que questões ligadas a ganhos financeiros ficaram à frente do principal grupo de referência do indivíduo, a família. Sugeriu-se o aprofundamento da pesquisa a partir do estudo isolado de cada curso da instituição e com os alunos concluintes do segundo grau de escolas públicas e particulares, além de avaliar a importância dos professores e demais funcionários nas ações de marketing, bem como os alunos como disseminadores das vantagens de se estudar em determinada instituição de ensino superior, fatores importantes no marketing educacional.

Palavras-chave: Alunos. Fatores de influência. Decisão. Índice de importância.

Artigo:
 
A INFLUÊNCIA DA MÍDIA PARA O CONSUMO: AS MAZELAS DO CONSUMISMO SOBRE OS JOVENS
Autores: 

Samuel Lucas da Silva

Saulo Gonçalves Pereira

Fredston Gonçalves Coimbra

Raphael Cezar Carvalho Martins

David Fernando Ramos 

Resumo:

 

O objetivo geral deste estudo foi discorrer sobre a influência dos meios de comunicações sobre os jovens que cursam o Ensino Médio, ao consumismo por meio do modismo praticado pela mídia. Realizou-se uma revisão bibliográfica de forma descritiva e qualitativa. De modo geral, este estudo permitiu compreender que o modismo e a mídia podem influenciar expressivamente o consumismo nas pessoas inseridas em qualquer parte da sociedade, especialmente os jovens que encontram-se mais predispostas a passar por grandes mudanças. Deste modo, a escola pode ser um ambiente de orientação e debate sobre esta problemática, de maneira a produzir, orientar e discutir propostas de conscientização sobre a relação do consumo exagerado e os efeitos bastante comentados modernamente no mundo inteiro. Conclui-se que a mídia pode influenciar o consumismo exagerado, e os jovens do Ensino Médio podem representar um consumista que ocasiona impactos ambientais. Acredita-se que estes jovens possam ser preparados para auxiliarem a sensibilizar a sociedade para um consumo consciente de sobremodo a proteger o meio ambiente das mazelas do consumismo moderno
 

Palavras-chave: Meio ambiente. Mídia. Jovens. Ensino médio. Consumo. 

Artigo:
 
NÍVEL DE SATISFAÇÃO DOS PACIENTES DE UMA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA
Autores: 

Vitor Rafael Dias Borges

Raphael Cezar Carvalho Martins

Neise Maria Verçosa

José Humberto Camêlo

 

Resumo:

O marketing é acima de tudo uma conceituação de processos sociais uma vez que o processo de compra e venda se dá através de pessoas que satisfazem suas necessidades mutuamente, utilizando de negociações de produtos e serviços.  Este estudo teve como objetivo avaliar o nível de satisfação dos pacientes fisioterápicos atendidos em uma clínica de Fisioterapia na cidade de Patos de Minas. Para a realização da pesquisa, desenvolveu-se uma pesquisa de campo. Quanto à abordagem, a pesquisa foi quantitativa e descritiva. A amostra foi composta por usuários de uma determinada Clínica de Fisioterapia, que estiveram em tratamento nas dependências, bem como os respectivos acompanhantes em casos de crianças. A escolha dos usuários foi realizada de maneira aleatória. Foi utilizado um questionário composto por quatro variáveis denominadas Construtos (Atendimento, Serviços, Infraestrutura e Confiança) e perguntas de múltipla escolha em escala de Likert, Os resultados apontam que entre os usuários da clínica, há uma predominância de mulheres, com idade acima de 50 anos, casadas, que realizam fisioterapia ortopédica. Os pontos fortes da clínica relacionam-se com a estrutura física do local, equipamentos, manutenção da limpeza, aparência dos funcionários, credibilidade, postura ética e resultados alcançados nos tratamentos. Já os pontos fracos estão relacionados com a clareza nos atendimentos, repasse de informações e pontualidade.  De modo geral, a clínica de fisioterapia está sendo bem aceita pelos seus usuários, o que favorece o retorno dos mesmos aos atendimentos assim como a indicação da empresa para terceiros. Conclui-se que a pesquisa desenvolvida atendeu ao seu objetivo de avaliar o índice de satisfação dos seus usuários

 

Palavras-chave: Marketing. Satisfação. Marketing de Saúde.

Faculdade Patos de Minas – FPM 

Escola Superior de Negócios 

Rua Major Gote, nº 1901

38.700-207 – Patos de Minas, Minas Gerais.

Tel.: 34-3818-5300