Revista Científica da Escola Superior de Negócios 

Revista Científica da Escola Superior de Negócios 

ISSN - 2526-5075

Pesquisa Rápida

v.6, n. 1 (2019)

Artigo:
 
PRODUTO INTERNO BRUTO: estudo da composição do PIB dos municípios mineiros (2002-2015)

Autores: 

Jéssica Barcelos Silva

Cleyde Cristina Rodrigues Caetano

Resumo:

 

O Produto Interno Bruto (PIB) é a somatória de todos os bens e serviços finais produzidos durante um determinado período de tempo, geralmente um ano, dentro dos limites territoriais de um país e é medido através do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com essa conceituação, esta pesquisa objetivou, principalmente, realizar uma análise com relação à composição do PIB dos municípios do estado de Minas Gerais, no período de 2002 a 2015. Especificamente, pretendeu-se efetuar um comparativo, com relação à composição do PIB municipal, entre as mesorregiões que compõem o estado de Minas Gerais. Metodologicamente, este estudo foi realizado por meio da coleta dos dados referentes às publicações do PIB, dos municípios de Minas Gerais, no período de 2002 a 2015, obtidas por meio de tabelas divulgadas no sítio eletrônico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A população da pesquisa foi constituída por todos os municípios do estado de Minas Gerais. Considerando os resultados do teste de não normalidade obtidos, realizou-se o teste de Análise de Variância (ANOVA) em blocos casualizados e, posteriormente, o teste de Scott-Knott, para comparar os percentuais médios de composição de cada valor adicionado bruto (VAB), apresentados pelos municípios estudados. Em uma análise geral do estado de Minas Gerais, dentre os achados, destaca-se que os valores adicionados brutos referentes aos serviços e à administração, defesa, saúde e educação públicas e seguridade social, configuram as atividades mais impactantes na composição do PIB, juntas chegam a 67,02% da riqueza gerada no estado.

Palavras-chave: Produto Interno Bruto. Composição do PIB. Minas Gerais. Mesorregiões.

 
 
Artigo:
 
      IMPACTO DA RECEITA DE IPTU SOBRE A ARRECADAÇÃO TRIBUTÁRIA PRÓPRIA: UM ESTUDO DOS MUNICÍPIOS MINEIROS
 
Autores: 

Mariana Martins Moreira

Cleyde Cristina Rodrigues Caetano

Resumo:

Após a instauração da Nova Constituição Federal em 1988, houve a descentralização do poder, o que trouxe a caracterização da independência e autonomia dos Estados e Municípios brasileiros, ficando eles responsáveis pela geração e recolhimento de recursos para comporem a sua própria receita. Aos municípios, foram designadas as demandas de interesses locais e arrecadação de três impostos que compõem a sua receita própria, sendo eles: IPTU, ISS, ITBI. Diante dessa premissa, foi realizado um estudo de casos nos municípios de Minas Gerais, no lapso temporal de 2013 a 2017, para investigar qual o impacto da receita de IPTU sobre a arrecadação tributária própria dos municípios. Os dados para este estudo foram obtidos através da Receita Resultante de IPTU e Receita de impostos, ambos extraídos dos Relatórios Resumidos de Execução Orçamentária e utilizados para a construção de uma variável que representava o impacto percentual da receita de IPTU sobre a arrecadação própria de cada município mineiro. Foram realizados os seguintes testes estatísticos: Kolmogorov-Smirnove Shapiro-Wilk (normalidade), Análise de Variância (ANOVA) e Scott – Knott para comparar as médias da variável em estudo. Defronte as conclusões, destacam-se o impacto percentual reduzido da participação do IPTU na arrecadação tributária total dos municípios mineiros e a influência do porte populacional e localizacional da unidade municipal nos comparativos das estimativas das médias estudadas.
 
Palavras-chave: Imposto sobre a Propriedade Predial Territorial Urbana.Arrecadação Tributária Própria. Mesorregiões. Minas Gerais
 

 
Artigo:
 

       MARKETING: A importância do Endomarketing na empresa Líder Gás
Autores: 

Lorrane Cristina Freitas da Silva

Neise Maria Verçosa

Resumo:

 

O presente trabalho teve como objetivo analisar e avaliar a satisfação dos clientes internos e sua influência no sucesso das empresas. Mostrar o papel do endomarketing para satisfação do público interno e consequentemente o sucesso que o mesmo traz na sua prática. Para tanto se buscou realizar um estudo de caso na empresa Líder Gás – Patos de Minas – MG. Foi realizada uma pesquisa de caráter descritivo e análise quantitativa e qualitativa, pesquisaram-se em livros, monografias, teses, dissertações e sites. Houve também a pesquisa exploratória, mediante entrevistas, com os funcionários da empresa e que sabiam do objetivo da pesquisa. Através do questionário aplicado na empresa podemos constatar que a empresa não aplica corretamente o endomarketing e que existe um nível de insatisfação dos funcionários, sendo necessárias ações corretivas. Concluiu-se com a implementação deste trabalho constatar que se faz necessário que tanto as grandes assim como as pequenas empresas necessitam enquadrar dentro de suas estratégias o endomarketing. Em um momento onde a forma que se trata seu público interno se torna diferencial para se obter excelência neste mercado instável, faz-se necessário utilizar ferramentas do endomarketing para esta motivação.
 
 
Palavras-chave: Endomarketing, Motivação, Satisfação Público Interno.

 
Artigo:
 

       VIABILIDADE TÉCNICA E ECONÔMICA DA UTILIZAÇÃO DE GERADOR À DIESEL EM HORÁRIO DE PONTA.
Autores: 

Washington Luis Thiago

Guilherme Thyago de Sousa Fernandes

 

Resumo:

 

O consumo de energia elétrica no Brasil vem crescendo muito em todos os setores (residencial, comercial, industrial e outros), motivado principalmente por novas tecnologias e pela facilidade de crédito. O presente estudo apresentará sobre a viabilidade técnica e econômica de gerador a diesel em horário de ponta, assim como um estudo de caso com o objetivo de esclarecer após uma análise econômica a viabilidade de se implantar um gerador a diesel em seu empreendimento.   Preocupados com um aumento significativo em sua conta de energia elétrica, alguns consumidores foram forçados a procurar alternativas para que seus resultados não fossem afetados. A utilização de um gerador à diesel no horário de ponta é uma alternativa relativamente simples e econômica, que vem sendo amplamente empregada por alguns consumidores industriais, comerciais e de serviços. Dessa maneira o objetivo foi averiguar técnica e economicamente a importância de se implantar um gerador a diesel como fonte de energia alternativa. A metodologia adotada consistiu-se na revisão literária, de forma qualitativa, de variadas obras científicas sobre motor-geradores. Concluiu-se que os geradores a diesel atendem tecnicamente e economicamente a determinada
 
Palavras-chave: Energia alternativa. Grupos geradores. Geração distribuída

Faculdade Patos de Minas – FPM 

Escola Superior de Negócios 

Rua Major Gote, nº 1901

38.700-207 – Patos de Minas, Minas Gerais.

Tel.: 34-3818-5300